As melhores histórias não ficam datadas.

Nossa ideia é contar boas histórias. Boas histórias não ficam datadas, não são contadas uma única vez e não precisam ser contadas da mesma forma.

Acreditamos que vídeo é a linguagem perfeita para gerar boas narrativas com uma possibilidade enorme de harmonia com os demais elementos de uma identidade.

Videobranding

Construímos estratégias, estruturas e conteúdos audiovisuais pensados para dialogar com a essência de quem nos procurar. Expressamos discursos e universos através de uma linguagem particularizada, singular e minuciosa.

Nosso Manifesto
Fechar

Manifesto

O graveto pode se colar a outros, pode se quebrar e gerar novos gravetos, pode se separar de um galho, pode estar em qualquer lugar. Pode cair de uma árvore ou de um barranco, se fundir à terra, virar adubo. Pode estar úmido, seco, marrom, esbranquiçado. Com liquens, sem liquens; com folhas, sem folhas. Se grande, transmuta-se em cajado, bengala, apoio. Se pequeno, podemos recolher, brincar, fazer fogueira. Pode-se cutucar alguém com um graveto. Deixar-se enroscar por uma lagarta do chão. Vem da madeira, mas pode ser um pouco palha; pode ser duro, ou se esfacelar facilmente. Graveto é, portanto, algo que pode virar muita coisa. Versátil. É mais maleável que um tronco e sabemos que teve alguma raiz, algum dia. Pode ser cortante, ou até glifante. Pode estar camuflado, pode estar destacado e, às vezes, até mastigado. Pode ser aprisionado, mas muitas vezes é arremessado. É, portanto, projeto e projétil. É árvore, natureza, tronco. Mas também não é. É só o resto disso tudo. O apêndice, à princípio inútil, porém útil para quem o transforma. É matéria prima, veículo. Bóia na água, nunca afunda. Prende-se às pedras. É sedimento. Corre fácil no rio.

O que fazemos

Video

  • CONCEPÇÃO
  • CRIAÇÃO
  • ROTEIRIZAÇÃO
  • DIREÇÃO
  • PRODUÇÃO
  • EDIÇÃO
  • FINALIZAÇÃO
  • ANIMAÇÃO

Audio

  • TRILHA ORIGINAL
  • COMPOSIÇÃO
  • ARRANJO
  • MIXAGEM
  • MASTERIZAÇÃO

Nossos Clientes